Camino de Piedras para Javier

O segundo percurso feito no Festival del Cuento de Los Silos foi o “Camino de Piedras”. Este tinha como trajeto dentro do próprio povoado, a parte mais antiga que ainda tem suas ruas pavimentadas com paralelepípedos, ruelas (callejones), praças, e antigas casas com seus balcones. Percorremos o que Javier caminhou ao longo de algumas horas de uma noite depois que saiu da missa de sétimo dia da sua avó. Percorremos não só as ruas, como também as memórias, lugares e pensamentos desse homem de 35 anos, que teve que reprimir sua orientação sexual por tantos anos, oprimido pela moralidade, pelo comportamento religioso da avó e de todas as pessoas a sua volta. Percorremos suas frustrações e desejos reprimidos. Gritamos basta para todas as cruzes nas encruzilhadas destrancando as ruas e dançamos os corpos sem medo de ser feliz na praça Calvário.

À luz da lua fomos iluminados pelas epifanias de Javier que toma uma decisão importante em sua vida ao fim do caminho e o seguimos imaginariamente com suas asas que o levam para outras paisagens.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s